Áreas de Atuação

A tarefa do advogado para separação é equivalente ao trabalho do divórcio. Anteriormente existia, no direito brasileiro a ideia de um estágio anterior ao divórcio em si. O casal durante separação, permanecia casado, porém cumpriam um prazo de afastamento para ter certeza sobre a dissolução do casamento. Por isso, anteriormente, o advogado para separação atuava na orientação das partes para dar o primeiro passo no processo de divórcio.

Hoje não existe mais esse estágio da separação e, o advogado para separação, tornou-se o advogado que irá orientar quanto ao divórcio. 

O acompanhamento do advogado é fundamental para tornar todo o processo mais fácil, seja ele litigioso ou não. 

Atualmente, com a pandêmia do Coronavirus (COVID-19), houve um aumento nos pedidos de separação e divórcio devido ao extenso convídio no rescinto do lar, o que pode vir a causa diversos atritos no relacionamento do casal.

Em caso de um procedimento extrajudicial o trabalho deve ser feito de maneira rápida e ágil a fim de facilitar todas as etapas dos procedimentos junto ao cartório. A minuta de divórcio também deve ser feita pelo advogado. 

No caso de processos litigiosos de divórcios, mesmo sem a separação isso pode ser mais complexo. Isso pode envolver a guarda de filhos, a divisão de bens e a determinação do pagamento de pensão. Tudo isso deve ser discutido no processo e formalizado para realizar o divórcio.  

De qualquer forma o advogado para separação é o mesmo profissional e por isso ao consultar o advogado estes termos podem se confundir ou até mesmo serem utilizados como sinônimo.  Busque um advogado de família em Curitiba para lhe orientar sobre como proceder com seu divórcio ou separação.

A separação, também conhecida como divórcio, é um procedimento através do qual um casal casado judicialmente em cartório busca o final do casamento.

A separação é um processo que costuma não ser fácil para nenhum dos cônjuges, ainda mais se houver filhos que foram fruto desse casamento. Certamente, a separação surtirá efeitos emocionais indesejados para todos os envolvidos. Como faço para me separar do meu marido/mulher?

 

Infelizmente, é bastante comum um dos pais de uma criança criar empecilhos ou até proibir, mesmo que indiretamente, o outro pai ou mãe de ver o filho após um divórcio ou separação. No entanto, além de resultar em em graves consequências ao menos, pode o pai ou mãe que cria dificuldades para que o outro pai ou mãe veja a criança sofrer consequências judiciais devido à alienação parental. Mas, o que vem a ser a alienação parental?

A separação, termo esse utilizado atualmente invés do dívorcio, pode ser buscada pela esposa ou pelo marido que quer terminar o seu casamento ou união estável. Mas qual o procedimento para a separação, seja judicial ou extrajudicial?