Áreas de Atuação

Dano material é o dano causado a bens, sejam eles bens moveis, imóveis ou até mesmo a integridade física de uma pessoa.

Ou seja, quando alguém colide contra nosso carro, quebra um objeto nosso ou danifica nosso corpo de alguma maneira, surge a necessidade de reparação.

Muitas vezes nós ouvimos falar de danos materiais e danos morais juntos, mas na realidade são duas formas de compensação por danos a bens diferentes. Enquanto o dano material preocupa-se somente em reparar aquilo que foi de fato ou materialmente danificado, o dano moral preocupa-se em reparar o transtorno, sofrimento e aborrecimento causados a pessoa lesada.

O que ocorre é que eles tipicamente caminham juntos, pois danificar um bem pode significar forçar a pessoa a passar por um transtorno também. Por exemplo, se por culpa nossa, nós derrubarmos um ciclista com nosso veículo, teremos que reparar os danos a bicicleta danificada além de possíveis danos ao próprio ciclista, como uma possível fratura. Reparar a fratura e a bicicleta seriam os danos materiais, porém, a pessoa com uma fratura passa pela dor da fratura, o aborrecimento de estar parcialmente incapacitado e etc., isso gera então danos morais.

Existem vários casos somente de danos materiais, casos somente de danos morais, e casos que existem ambos os danos a serem reparados. Tudo isso deve ser identificado caso a caso. Consulte um advogado e entenda melhor o dano material.