Áreas de Atuação

No momento de dar entrada no pedido de aposentadoria por idade ou aposentadoria por tempo de serviço, além de demora em apreciar o pedido de aposentadoria por parte do INSS, fica o idoso muitas vezes surpreso com o valor muito abaixo do esperado. Após ter contribuído por vários anos, fica o aposentado decepcionado com o baixo valor da sua aposentadoria, mesmo contribuindo com o teto.

Em muitos casos, o INSS desconsidera as contribuições anterior a 1994. O INSS fazer isso é negar um direito do aposentado de receber de volta tudo aquilo que ele contribui por muitos anos para a previdência e ter uma aposentadoria digna.

Infelizmente, a única forma é questionar o cálculo da aposentadoria realizada pelo INSS na justiça, quem tem decidido favoravelmente aos aposentados para que seja revejo o cálculo e ao final aumentado o valor da aposentadoria. A reforma previdenciária é um grande perigo para aqueles que buscam a revisão da aposentadoria inclusive, o qual o INSS utiliza como argumento para conceder um valor tão baixo da aposentadoria.

Um novo cálculo deve ser realizado e apresentado na justiça para que o INSS seja condenado a aumentar o valor do benefício pago, inclusive de forma retroativa, ou seja, a diferença devida desde o tempo em que foi realizada a aposentadoria.

Somente um advogado previdenciarista (ou advogado previdenciário) pode garantir que seu direito de receber uma aposentadoria maior seja questionado na justiça. De nada adianta questionar administrativamente o valor da aposentadoria diretamente no INSS, o qual sempre nega o aumento do valor da aposentadoria.

Caso tenha dúvidas sobre como proceder neste caso, entre em contato com a Agulham Advogados.

Leia mais sobre direito previdenciário nos artigos:

Demora na aposentadoria
Aposentadoria por auxílio doença